GRSA

Conheça o segmento de serviços de Offshore da GRSA|Compass

Estar longe não precisa significar estar sozinho. Principalmente se for passar um longo período trabalhando em um local remoto – como por exemplo, em uma plataforma de petróleo – uma vez que esse tipo de operação apresenta desafios muito específicos. E é nesse contexto que entra os serviços de Offshore, já que essas pessoas precisam de condições adequadas para trabalhar, independentemente do tempo que passarão ali.

“A GRSA|Compass tem um histórico de sucesso no mercado de Operações Remotas no Brasil e no mundo. Com décadas de experiência, garantimos as melhores soluções para o qualquer negócio, de norte a sul, perto ou longe”, explica Paula Carvalho, diretora executiva de Operações DOR da GRSA|Compass.

Atuação
A GRSA atua com o serviço de hotelaria marítima, levando alimentação balanceada e serviços de suporte para plataformas de petróleo, projetos de grandes obras, mineração e gás.

Diferencial
A empresa sabe que uma operação remota apresenta desafios muito específicos. Por isso, conta com o programa Compass Service Framework (CSF), metodologia baseada em uma plataforma global, que padroniza os processos e oferece melhoria contínua, agilidade de implantação e alta produtividade, que garantem a entrega impecável em quaisquer circunstâncias.

Treinamento
A empresa possui uma equipe multidisciplinar que conta com o acompanhamento de especialistas em biologia, nutrição, administração, engenharia ambiental e segurança, que passam por constantes programas de capacitação e atualização. Além disso, realiza treinamentos constantes para os colaboradores.

“Essa troca de conhecimento e experiência resultam em maior capacidade de entender as necessidades para adaptar o atendimento, o que aumenta não só o engajamento e a produtividade dos nossos colaboradores como também das pessoas que servimos”, comenta Paula.

Logística
Um dos pontos de atenção para o segmento de Offshore está na logística. É preciso garantir o abastecimento de todos os insumos, pois não existe a possibilidade de uma nova entrega. Ou seja, o planejamento é fundamental para toda a operação.

A empresa faz um estudo minucioso do perfil de consumo de cada embarcação e tripulação. Além disso, o estoque é controlado diariamente e existe uma margem de segurança de 14 dias para eventualidades.

“Garantimos um fornecimento ininterrupto, sempre contando com um plano B, tão eficiente quanto a operação padrão”, reforça Paula.

Carreira
Os profissionais que trabalham em hotéis, como cozinheiros, nutricionistas, camareiras e atendentes, também estão aptos a trabalhar na hotelaria offshore. No entanto, a exigência por capacitação é um pouco mais específica, pois os interessados em trabalhar nessa área devem possuir o Curso Básico de Segurança de Plataforma (CBSP) e o Treinamento de Escape de Aeronave Submersa (HUET), além dos cursos específicos para a área de atuação.

“Estamos sempre em busca de profissionais comprometidos, que tenham os cursos atualizados e com experiência na área de atuação”, finaliza.