Pais de alunos reprovam alimentos das escolas

Pais de alunos reprovam alimentos das escolas

Pais de alunos de colégios particulares estão insatisfeitos com a qualidade dos alimentos servidos nas cantinas. Ainda assim, a maioria dá dinheiro para o filho comprar lanche na escola em vez de prepará-lo em casa, mostrou pesquisa feita pelo Ibope a pedido do grupo GRSA, empresa de refeições industriais. O motivo alegado pelos pais é a praticidade. Foram ouvidos 104 pais em seis capitais.
A proporção de estudantes que abandonaram a lancheira para comer exclusivamente produtos comprados na escola é de 58%; 80% compram lanche pelo menos uma vez por semana. Os números se referem a alunos do ensino infantil ao médio. "A alimentação na escola facilita a rotina dos pais. O papel da escola também foi ampliado nessa área", explicou Nelsom Marangoni, vice-presidente de desenvolvimento do Ibope. As opções mais pedidas são salgados como coxinhas e esfihas, seguidos por sanduíches e pães.
A qualidade desses lanches, porém, é vista como um problema. Dos pais entrevistados, apenas 33% acreditam que a cantina atende às necessidades de seus filhos e só 41% pensam que os alimentos oferecidos são saudáveis e balanceados. O único resultado positivo foi na questão da higiene - 61% estão satisfeitos com a limpeza no preparo.

Veículo: Diário do Grande ABC (online)

Data: 08/10/2010